5 dicas para arrumar a roupa

Do muito que já li sobre o tema de organização e arrumação, parece-me que se existe uma premissa que todas as profissionais de organização concordam é esta: o closet é a área da casa que se torna mais difícil de manter limpa e arrumada. E tudo graças à quantidade de coisas que temos desta categoria. Achamos sempre que precisamos de mais uma peça de roupa ou de um novo par de sapatos, verdade? E é exactamente para combater esta sensação de que nos falta sempre qualquer coisa, que devemos construir um armário organizado. A verdade é que é muito mais difícil sentirmos falta de alguma coisa quando o nosso closet está impecavelmente arrumado, como se de uma loja se tratasse. A pensar num armário organizado, resolvi enumerar 5 dicas para arrumar a roupa.

1 – Separar a roupa com ajuda de caixas reorganizadoras

Lembram-se de vos ter falado (aqui) sobre as caixas reorganizadoras que devemos preparar antes de iniciarmos o processo de arrumação? É exactamente por elas que devemos começar quando arrumamos a nossa roupa. Com as vossas caixas previamente etiquetadas (vender, doar, reciclar/lixo) separem todas as vossas peças. A roupa que for para manter, sugiro que também separem por temporadas: Outono/Inverno e Primavera/Verão.

2 – Criar vários sistema de arrumação

Calças, t-shirts, tops, casacos, saias, vestidos,… A roupa tem inúmeras categorias e por esse motivo devemos pensar em diversos sistemas de arrumação para ela. Além do típico varão para cabides, vai ser útil termos prateleiras, gavetas e algumas caixas para conseguirmos organizar o nosso closet de forma mais funcional.

3 – Organizar por categorias

Definir o espaço de cada categoria de roupa é fundamental para conseguirmos manter o nosso roupeiro arrumado. É precisamente nesta etapa que temos que ser realmente focados e ambiciosos com a categorização. Ao início um truque que pode ser muito útil, é o de etiquetarmos as caixas e as gavetas. Pode também ser vantajoso definirmos diferentes cabides para as diferentes peças de roupa. Por exemplo, depois de separarem as malhas das blusas e das t-shirts, não se esqueçam que é importante dividir as t-shirts do ginásio daquelas que usam no dia a dia. Inclusivamente, talvez faça sentido reservarem uma gaveta inteira para toda a roupa de ginásio.

4 –  Dobrar como ensina a Marie Kondo

Segundo a Marie Kondo, a maior especialista de organização, um dos melhores truques para mantermos o espaço da nossa roupa organizado é que tudo esteja o mais visível possível. Por isso mesmo, ela ensina-nos que não devemos empilhar a roupa nas gavetas mas sim arrumá-la para que fique em pé, e assim mais visível e acessível. E como é que conseguimos que a roupa se aguente de pé, lado a lado? É bastante simples, ora vejam este video no canal de youtube dela.

5 – Trocar a roupa com a mudança de estação

Separar a roupa por estações frias (Outono/Inverno) e estações quentes (Primavera/Verão) é sobretudo útil para quem tem um espaço limitado. A sugestão é que guardem as peças que não estão a ser utilizadas em caixas e que as arrumem nos lugares mais inacessíveis do roupeiro. Desta forma maximizamos o nosso armário, pois aproveitamos o espaço menos acessível e ao mesmo tempo ganhamos área útil para arrumar o que está a ser utilizado no momento. No entanto, a dica de fazer a troca por estação é ainda uma mais valia para pessoas que têm muita roupa. Além de ser mais fácil manter um roupeiro arrumado com menos roupa, o facto de trocarmos a roupa por estação obriga-nos a reavaliarmos a sua utilidade de forma contínua.

Gostaste deste artigo? Guarda-o no pinterest.

Deixa um comentário

Your email address will not be published.