3 passos para um objectivo – PLANNER GRATUITO

Como assim faltam apenas 3 meses para o fim do ano? 2019 tem sido, para mim, um dos anos mais desafiantes e trabalhosos de sempre! Desafiante porque lutar pelos nossos sonhos tira-nos muitas vezes da zona de conforto e trabalhoso porque, definitivamente a sorte não se faz sozinha.

No outro dia, num momento mais reflexivo, dei por mim a visitar os objectivos que tinha traçado para este ano e devo confessar-vos que fiquei orgulhosa! Senti que, em grande parte, estou alinhada com aquilo que escrevi no primeiro dia do ano e que estou a fazer o meu caminho na direcção certa. Mas claro, também percebi que algumas coisas que escrevi tinham ficado mais esquecidas. Pareceu-me por isso importante parar e perceber: o que estava eu a fazer bem para conseguir alcançar determinados objectivos? E o que estava eu a fazer menos bem para outro objectivos ainda estarem tão distantes? 

Resultado da minha reflexão, hoje partilho convosco as três coisas que acho que mais contribuem para alcançarmos os nossos objectivos.

1 – Escrever

Acredito que escrever é o primeiro passo para a materialização de um objectivo. Quando registamos por escrito um objectivo ganhamos foco, as ideias que anotamos não fogem, e ao irmos escrevendo conseguimos um histórico que nos motiva muitas vezes a continuar. Qual é o nosso objectivo? Qual é a motivação que está por detrás dele? Como é que o vamos construir? O que precisamos de ter ou fazer para o conseguir? Acredito que são estas, e outras perguntas do género, que devemos anotar para nos servirem como linhas orientadoras durante o caminho.

2 – Seguir uma metodologia

É maravilhoso termos sonhos, termos ideias e termos objectivos. Nos nossos sonhos não devem existir limitações, para termos ideias devemos deixar livre a criatividade, mas quando tudo isto chega a um objectivo concreto é essencial que se estabeleça uma metodologia. Ter uma linha orientadora é essencial para não deixarmos cair o plano por terra, para irmos reconhecendo os passos que damos e para ir avaliando e fazendo os ajustes sempre que necessário. Estabelecer uma metodologia é determinar um princípio, meio e fim e é também determinar como se avalia e quando se avalia.

3 – Partilhar 

Partilhar aquilo que gostamos e aquilo que desejamos faz com que nos comprometamos mais com os nossos objectivos. Não queremos falhar: primeiro connosco, depois com os outros. Ao início podemos ser um pouco supersticiosos ou ter medo de não conseguir e por isso não partilhamos, fechamo-nos mais. Mas a verdade é que depois, quando conseguimos atingir o nosso objectivo é muito melhor quando podermos dividi-lo e comemorar com as outras pessoas.

Inspirada pela minha paixão por material de papelaria e motivada por ter percebido o que me ajuda a realizar os meus sonhos resolvi criar um planner.

Um planner que me ajude a planear, a focar e a festejar o alcance dos meus objectivos! Um planner para mim mas também para vocês! É isso mesmo, se quiserem receber o meu planner só têm que subscrever a minha newsletter: –


Atenção: Terás que confirmar a subscrição através de um email que receberes. Se não receberes o email, por favor verifica a tua caixa de spam.

Nos próximos dias vou imprimi-lo e vou começar a traçar todos os objectivos que ainda quero alcançar nesses últimos 3 meses do ano! E claro, nada me deixava mais feliz que por aí também o usassem e partilhassem comigo todas as vossas conquistas (o vosso feedback é essencial)! Eu prometo que vou partilhando tudo por este lado (especialmente no meu instagram aqui: anacouceiropires)

Gostaste deste artigo? Guarda-o no pinterest

 

Deixa um comentário

Your email address will not be published.